terça-feira, junho 28, 2011

novo pacote de austeridade na Grécia

O comissário europeu dos Assuntos Económicos, Olli Rehn, aconselhou hoje o Governo grego a aprovar um novo plano de austeridade que possa evitar a bancarrota daquele país. "A União Europeia continua a estar pronta para apoiar a Grécia, mas a Europa só pode ajudar a Grécia se esta se ajudar a si mesma", disse, afirmando também que esse pacote de austeridade tem de passar pelo aumento da idade de reforma para os 528 anos de idade. A vantagem deste aumento da idade de reforma, segundo Olli, é que assim "o país não precisará nunca mais de gastar dinheiro em reformas e está garantido que a Grécia nunca mais terá reformados sem pensão".
Em entrevista exclusiva à Caganita, Olli Rehn afirmou ainda que um dos grandes entraves à recuperação económica da Grécia tem sido o próprio sistema solar, que dá a cada dia terrestre apenas 24 horas. Isto porque os gregos deviam trabalhar, segundo os seus cálculos, cerca de 1534 horas por dia sem pausa para café. Terminada a conversa, fomos precisamente todos beber um café.

sábado, junho 18, 2011

novo acordo entre Portugal e Grécia para resolver crise económica.

Portugal e Grécia chegaram ontem a acordo para que os seus cidadãos possam mais facilmente contornar os efeitos da crise económica que abala ambos os países. O acordo, assinado numa cerimónia que contou com a presença de vários desempregados de ambos os países, passa numa primeira fase por popularizar em Portugal a frase: - "estamo-nos a ver gregos com esta merda" e introduzir na vox pupuli grega a frase: - "estamo-nos a ver portugueses com esta merda".
José Pelintra, um dos portugueses presentes no evento, revelou à Caganita que se está a tentar um acordo parecido com Espanha, alargar a zona de influência da frase: - "de Espanha, nem bons ventos nem bons casamentos" para toda a península Ibérica, mudando-a para: - "do FMI, nem bons ventos nem bons casamentos"

quinta-feira, junho 16, 2011

Makaté mostra sardinhas a Ermelinda

Ronaldo mostrou golfinhos à namorada antes do baptizado do filho, noticiou hoje o JN. A Caganita, no entanto, apurou uma notícia muito mais interessante. Makaté, jogador do Unidos da Cova, mostrou sardinhas à namorada antes de lhe dar uma sova.
Makaté aproveitou esta quinta-feira, feriado e véspera de dar mais uma sova à namorada Ermelinda, para dar uma volta pela praça onde lhe mostrou sardinhas mortas. O casal de namorados está hospedado na Pensão Orfanato, precisamente onde a Ermelinda trabalhava quando conheceu o jogador de futebol/servente de obras.
Na Pensão Orfanato, e ao que a Caganita apurou (espreitando pelo buraco da fechadura), o casal tem aproveitado o facto de uma das camas não ranger, assim como a promoção do pequeno-almoço "Café + Pastel de Nata = €1,20". Um programa romântico para a família Azeite, numa altura em que os campeonatos amadores dos subúrbios da amadora se encontram parados.

terça-feira, junho 07, 2011

Cindy Crawford convidada para o Valpaços Catholic Fashion 2012

Manuel Alves, o pároco de Valpaços que recusou dar a hóstia a uma jovem de 16 anos, durante uma eucaristia matinal, por causa do seu decote, vai lançar o Valpaços Catholic Fashion já com a primeira edição em 2012.
A ideia, explicou-nos o padre, é "dar largas à imaginação na forma como cada um de nós se veste, mas sempre com decoro e respeito pelos outros". Assim, a igreja de Valpaços será o palco de uma passagem de modelos que se iniciará à porta, desfilará até ao altar onde cada um dos modelos convidados terá que comer a hóstia, e voltará a sair pela mesma porta.
Ao que a Caganita conseguiu apurar já há surpresas em carteira, já que vários nomes da moda nacional e internacional terão sido convidados, embora para já só se confirme a Dona Gertrudes da Retrosaria Valpacense. Entre os modelos, estão já garantidos o filho da Dona Gertrudes e o primo mas, segundo o padre, a própria Cindy Crawford (na imagem) terá sido convidada, estando a organização apenas à espera da resposta dela.
Quando confrontado com o facto de Cindy já ter mostrado as mamas várias vezes ao mundo, tanto em revistas como nas próprias passerelles, o padre Manuel Alves não se mostrou preocupado. "Para começar a Cindy tem as mamocas relativamente pequenas. Eu tenho um poster dela ao lado dum com a Samantha Fox e não tem nada a ver, mas é claro que eu lhe vou dizer que ela só come a hóstia se se vestir apropriadamente. tal como todas as meninas que se ajoelham quando aqui vêm à missa", disse.

segunda-feira, junho 06, 2011

PAN - Partido pelos Animais e pela Natureza em reunião extraordinária

O Bobi e o Tareco fizeram hoje, em reunião extraordinária, uma reflexão sobre o resultado das eleições legislativas de 2011, que a direita venceu e onde o PAN - Partido pelos Animais e pela Natureza, não conseguiu o seu principal objectivo que era eleger um deputado por Lisboa.
O Tareco explicou que o problema é os animais não votarem. "No dia em que os gatos e os cães tiverem direito ao voto tudo será diferente. Essa é a nossa luta!", explicou. Numa sala bastante preenchida por coelhos, ratinhos de laboratório, peixinhos em aquários redondos, apareceram ainda apoiantes de peso como o Patinho Feio, o Bambi, o Calimero e o Dartacão, a quem o Bobi agradeceu a presença.
A meio da reunião registou-se um pequeno percalço. Um humano, com uma camisola onde estava inscrita a frase "salvem as pessoas", levantou-se e começou a gritar frases de ordem como "contra a tirania dos gatos que não fazem nada, não produzem e vivem à custa do trabalho dos donos". O humano, um homem com cerca de trinta anos de idade, foi imediatamente controlado pelos seguranças presentes, um pastor alemão e um hipopótamo, e levado para fora do espaço. Uma girafa ainda esteve para lhe atirar um ovo, mas um dos patos presentes não deixou porque, afinal de contas, um ovo é um animal.
Foi nesta altura que se gerou uma discussão profunda entre duas facções do PAN. A da despenalização do aborto, composta essencialmente por animais que gostam de ovos estrelados com sal e pimenta, e o Movimento Pela Vida, que acha que a partir do momento que o ovo é formado é para gerar vida e não para ser parte dum prato qualquer.
O Bobi e o Tareco ainda tentaram apelar à calma para regressar à ordem de trabalhos mas, entre latidos, zurros e miados, já não foi possível.