segunda-feira, maio 30, 2011

sondagens dão empate técnico a PS e PSD

Uma sondagem encomendada pelo PS e pelo PSD, realizada pela Universidade de Carqueija e pela Caganita, sobre a intenção de voto nas próximas eleições legislativas, dá um empate técnico a PS e PSD, o que quer dizer que vocês todos deviam votar no PS ou no PSD. Os resultados dão um empate em todos os circos, perdão, círculos eleitorais e em termos absolutos dão os seguintes resultados:

PS: 50%
PSD: 50%
CDU, BE e CDS: 0%

A sondagem foi feita por telefone, tirando no caso da Dona Gertrudes em que fomos lá a casa comer uns bolinhos e aproveitámos para lhe perguntar em quem vai votar, num universo de 10461 eleitores, e a margem de erro é de 0% (com excepção do Marcelino que parecia bêbado quando lhe telefonámos).

sexta-feira, maio 20, 2011

deprimir nas lojas chinesas

Há poucos sítios melhores para deprimir do que uma megastore chinesa. Eu, quando a vida me sorri e me sinto feliz, vou deprimir para uma loja dessas que está a menos de cem metros de minha casa. É um armazém gigante cheio de inutilidades de plástico a preços de inutilidades de plástico, ou seja, entre os dez cêntimos e os duzentos e quarenta e nove euros e noventa e nove cêntimos.
A felicidade faz-nos ter noção de nós enquanto indivíduos, faz-nos perceber a essência que transborda da nossa existência. Estamos sempre mais ou menos felizes do que os outros, e isso marca a ferro em brasa os momentos da nossa vida. A loja chinesa devolve-nos à lógica democrática do materialismo marxista ou, se preferirem, maoísta-marxista. Nela, ganhamos a noção de que o nosso corpo é composto da matéria do mundo, aquela que nos permite respirar e que também compõe uma bandeira portuguesa com pagodes em vez de torres.
Esse é, aliás, apenas o princípio da magia de qualquer megastore chinesa. A mim fascinam-me, por exemplo, as cuecas vermelhas de renda com imagens pirata da Hello Kitty, os galos de Barcelos com olhos em bico e os passarinhos em miniatura que chilreiam em pequenas e coloridas gaiolas de plástico. Fomos nós, indivíduos da espécie humana, que sentimos a necessidade de produzir esses mistérios do intelecto. O meu cão, por exemplo, farta-se de olhar para uma gaiola dessas que comprei num momento de felicidade desesperada, com um ar profundamente interrogativo como se não percebesse porque é que nós, seres superiores e dominantes, produzimos chinesices. Não lhe explico, é só um cão e nunca ia entender.

quinta-feira, maio 19, 2011

Strauss-Kahn violou urso

Um urso, que pediu o anonimato, contou à redacção da Caganita que Strauss-Kahn o violou quando era pequenino. A violação terá sucedido durante um piquenique que o director do FMI fez com a família, quando o pobre animal não resistiu ao cheiro da comida e ficou com a cabeça presa no cesto que levava as sobremesas. Strauss-Kahn terá então aproveitado a posição vantajosa e sodomizado o urso cinco vezes seguidas.

terça-feira, maio 17, 2011

solidariedade com Dominique Strauss-Kahn

O FMI é o maior responsável pelo endividamento dos Estados e das suas populações, portanto também de incontáveis casos de prostituição devida à pobreza. É mesmo estranho que o seu director, Dominique Strauss-Kahn, tenha sido agora preso porque alegadamente obrigou alguém a fazer-lhe um broche.

segunda-feira, maio 02, 2011

a caverna de Osama Bin Laden

Após a morte de Osama Bin Laden por forças especiais norte-americanas, a CIA convidou a imprensa mundial para visitar a caverna onde o homem mais perigoso do mundo viveu os últimos anos da sua vida. Apenas A Caganita aceitou o convite. O material que se segue é, por isso, apresentado em exclusivo.
Quando entrámos na caverna a primeira coisa coisa que verificámos, com um certo orgulho, é que Osama gostava muito de produtos made in Portugal. Mesmo por trás duma mesa repleta de botões vermelhos prontos a disparar mísseis de longo alcance para vários pontos do mundo, estava uma casa de banho com Cerâmica de Valadares. Na própria mesa estava um galo de Barcelos daqueles que mudam de cor consoante a temperatura (era assim que Osama sabia como estava o tempo lá fora).
Em cada botão vermelho estava um papelinho com o nome do sítio para onde se direccionava o respectivo míssil, e gelámos quando nos apercebemos que entre os objectivos de destruição maciça de Osama estava o Portugal dos Pequenitos, a Casa de Abrigo de Gatinhos Abandonados de Pedrógão Grande, a estátua da Santa Joana em pleno coração de Aveiro, a sede dos Dragões Azuis em Faro, o galinheiro da dona Ermelinda de Viseu e a Oficina de Pilas de Cerâmica das Caldas. Estes eram os principais alvos em Portugal.
Mas nem só por aqui fica a presença do nosso país no Esconderijo Secreto de Osama Bin Laden. Numa cozinha improvisada estava um calendário com fotografias da Carla Matadinho nua, uma garrafa de azeite Galo e alguns pastéis de Belém, o que prova que a Al Qaeda é uma rede com tentáculos poderosíssimos. Aliás, descobrimos também que Osama tinha um leitor de mp3 com todas as músicas do Quim Barreiros. Na altura da morte, cremos mesmo que estava a ouvir o "Quero Cheirar Teu Bacalhau".