terça-feira, março 29, 2011

Dilma Roussef nega verdadeira ajuda a Portugal

A presidente do Brasil, Dilma Roussef, disse hoje publicamente, durante a sua visita ao nosso país, que o Brasil poderá ajudar Portugal na crise económica que atravessa actualmente, mas desmentiu que essa ajuda passe por levar para o Brasil Pedro Passos Coelho e José Sócrates. "Até podemos ter alguma boa vontade, mas não tanta. Uma coisa é ajudarmos economicamente, outra coisa é cortarmos os próprios pulsos", disse Dilma ao enviado d'A Caganita.

domingo, março 27, 2011

entrevista exclusiva com Pedro Passos Coelho

Pedro Passos Coelho defendeu hoje, em entrevista exclusiva à "A Vida Sexual Duma Caganita de Pássaro", que defende o aumento de impostos mas não aumentará os impostos. Admite também pedir ajuda financeira ao FMI, caso o PSD ganhe as próximas eleições, mas promete que nunca pedirá ajuda ao FMI. Para concluir diz que os portugueses não terão que apertar mais o cinto porque chegou a altura de serem outros a fazê-lo, nomeadamente os portugueses. Uma entrevista esclarecedora para ler a seguir.

Caganita - Boa noite!
Passos Coelho - Já é de noite?
Caganita - São dez da noite.
Passos Coelho - Boa noite. Se fossem dez da manhã seria "bom dia", que eu sei muito bem.
Caganita - De facto tem razão. Uma sondagem recente da Intercampus dá uma vitória ao PSD nas próximas eleições, embora sem maioria absoluta, o que obrigará a uma eventual coligação. Qual será o seu parceiro favorito nessa eventual coligação?
Passos Coelho - Ora... parceiro... pode ser o Cavaco Silva?
Caganita - Não.
Passos Coelho - E o Eduardo Catroga?
Caganita - Não.
Passos Coelho - E a minha mulher?
Caganita - Não. Tem que ser um partido.
Passos Coelho - Tem que ser um partido? Então o PSD.
Caganita - Esse não pode ser porque já é o seu. Tem que ser outro, tipo o PS ou o CDS.
Passos Coelho - Ah! Então pode ser o PS ou o CDS.
Caganita - E quais são as estratégias principais para combater a crise económica?
Passos Coelho - Hum... hum... hum...
Caganita - Admite aumentar impostos?
Passos Coelho - Nunca aumentarei impostos. Acho que os portugueses já pagam demasiados impostos.
Caganita - Mas já anunciou que pode vir a aumentar o IVA.
Passos Coelho - O IVA sim, os impostos não.
Caganita - O IVA é um imposto.
Passos Coelho - É? Tem a certeza?
Caganita - Sim.
Passos Coelho - Nesse caso aumento só o IVA, pronto. Aumento o IVA, desço os salários e as pensões, que é para não apertar mais o cinto aos portugueses.
Caganita - Mas desce os salários e as pensões de quem, então?
Passos Coelho -  Dos alemães. Tive uma conversa com a Angela Merkel a esse respeito e ela prometeu-me que ia fazer isso: descer os salários e as pensões dos alemães para nos ajudar.
Caganita - Tem a certeza disso? É que ela disse aos jornais que esperava, depois duma conversa consigo, que fizesse isso aos portugueses, caso vença as eleições...
Passos Coelho - Pois... para ser sincero não percebi muito bem o que ela disse. Ela só fala alemão e parecia um bocadinho zangada, não sei bem porquê.
Caganita - Terá sido por ter ajudado o Governo a cair com a recusa do PEC IV?
Passos Coelho - Nem sei. Como já disse, ela só falava em alemão e eu não estava a perceber muito bem.
Caganita - Pronto, não se fala mais nisso. Qual é o resultado que espera realmente das eleições?
Passos Coelho - Obviamente, espero que se repitam.
Caganita - Que se repitam?
Passos Coelho - Sim. O Bruno de Carvalho já anunciou que vai impugnar o acto eleitoral e que...
Caganita - Essas são as eleições do Sporting. Estou a perguntar das legislativas.
Passos Coelho - Ah! Essas...
Caganita - Sim.
Passos Coelho - Espero ganhar, obviamente.
Caganita - Até que enfim, uma resposta normal. Obrigado.
Passos Coelho - De nada.
Caganita - Paul Krugman, Nobel da Economia, escreveu na sua coluna do The New Yor Times que Portugal tem que aumentar a despesa pública, o que é contrário ao que o FMI exigirá se emprestar dinheiro ao país e contrário ao princípio dos PEC's do governo do PS. Concorda?
Passos Coelho - Pode perguntar outra vez?
Caganita- Estava a perguntar se concorda com o que disse recentemente o prémio Nobel sobre a diminuição da despesa pública portuguesa.
Passos Coelho - O Saramago não morreu?
Caganita - Morreu, mas estamos a falar do Nobel da Economia de 2008 e não do da literatura em 1998.
Passos Coelho - Ai há vários?
Caganita - Sim.
Passos Coelho - Assim é difícil.
Caganita - Pronto, esqueça. Podemos ficar por aqui.
Passos Coelho - Aqui onde?
Caganita - A entrevista acabou.
Passos Coelho - Qual entrevista?
Caganita - Esta.
Passos Coelho - Ah!
Caganita - Boa noite, então.
Passos Coelho - Já é de noite?

quinta-feira, março 24, 2011

Sócrates candidata-se às Novas Oportunidades

Sócrates vai candidatar-se às Novas Oportunidades, disse hoje em exclusivo à Caganita. Isso ajudará o ex-primeiro-ministro a ocupar o tempo até às próximas eleições. Os objectivos pessoais são aprender inglês e castelhano, para não tornar a dar mau aspecto caso seja reeleito, mas vai tentar aprender um pouco de tudo, incluindo português, língua que também não domina na totalidade, confessou o próprio esta tarde.
Quando confrontado com o facto das Novas Oportunidades serem apenas para quem ainda não tem o décimo segundo ano, José Sócrates foi peremptório: - "Isso não é um problema. Toda a gente sabe como é que eu acabei o curso. Assim como consegui provar que era engenheiro sem o ser, também conseguirei provar que tenho apenas o nono ano sem problema nenhum. Sempre fui muito desenrascado".

quarta-feira, março 23, 2011

Pinto da Costa quer estátua de Vale e Azevedo

A Caganita sabe que Pinto da Costa tem a intenção de erigir uma estátua em homenagem a Vale e Azevedo pelos altos serviços que este prestou Futebol Clube do Porto. De facto, Vale e Azevedo, depois de ter alegadamente desviado cerca de quatro milhões de euros do Benfica, fugiu para parte incerta, de forma a que o clube da Luz nunca mais possa reaver o dinheiro.
A estátua seria feita em cobre e ficaria mesmo em frente ao actual Estádio do Dragão, mas o presidente do clube da cidade invicta está com problemas em realizar o seu desejo, pois precisa da presença do próprio para servir de modelo, mas ninguém sabe onde está.

segunda-feira, março 21, 2011

entre, entre


Entre, entre, senhor Kadafi. Temos muito gosto em recebê-lo no nosso... hum... país.

sábado, março 19, 2011

confirmada transferência mais cara de sempre

A fábrica de rolamentos "Rolamentos Simão" anunciou hoje a contratação do operário José Fernandes, que produzia rolamentos na linha de produção da Rolmetal desde 2004, por quinze milhões de euros por ano, numa transferência que, segundo o que apurámos junto das respectivas fábricas, andará perto dos cinquenta milhões de euros.
Esta é a transferência mais cara de sempre no mundo da produção de rolamentos. Em entrevista à Caganita, José Fernandes considerou um passo normal na sua carreira como operário, já que há muito tempo várias fábricas o tentavam aliciar. De qualquer maneira, e como tinha contrato com a "Rolamentos Simão" até 2014, estava preso por uma cláusula de rescisão de 100 milhões de euros que teve que ser negociada.
Por seu lado, a Rolmetal continua a construção da sua equipa de operários galáctica, já que José Fernandes se vai juntar a Sebastião Pereira, Mário Costa e Serafim Gomes, algumas das maiores estrelas actuais da produção de rolamentos.

agradecimento público à La Redoute


Quero agradecer imenso aos senhores que me enviaram um catálogo da La Redoute para casa. Não sei como é que souberam o meu nome e a minha morada mas não faz mal. As meninas são bonitas e eu até já estive assim aqui a olhar para elas, até porque não tenho tv por cabo e a antena do prédio caiu com o vento, de maneira que que a imagem é muito má.
Como nunca se deve desprezar um gesto destes, que acima de tudo, antes de mais e em primeiro lugar, revela que ainda há humanistas neste mundo que pensam desinteressadamente na solidão dos homens, queria responder dizendo que acho que a menina mais bonita é aquela que tem uma camisola de manga curta com folhos às cores. É prendada e não usa um decote enorme como outras que lá vêm nas páginas seguintes. É verdade que está de calças mas isso, hoje em dia, já se sabe como é: por culpa do 25 de Abril já as mulheres andam de calças, os homens deixam crescer os cabelos e usam brincos. Não se percebe nada. Enfim, como eu até sou um progressista, tolero isso (as calças, os brincos e os cabelos nos homens é que não).
Agora, e porque estive aqui a ver as meninas com os meus vizinhos, queria perguntar-vos o nome e a morada da senhora que vem na página 21, aquela que tem um vestido cor de rosa de €24,99, que também se pode comprar em preto ou vermelho. Gostava de a conhecer, assim só para a convidar assim aqui a vir a minha casa comer uma torrada. Tenho a certeza que se conseguiram o meu nome e a minha morada, também conseguem a dela facilmente, já que a ela até a conhecem pessoalmente. Os meus vizinhos também vêm e um deles, o senhor Reis, diz que assa uma chouriça e abre uma garrafa de jeropiga se ela vier.
Além disso, depois de tudo e por fim, parece que a senhora da capa, aquela loira com um casaco laranja que mais parece uma partenaire do Passos Coelho, faz uma colecção qualquer chamada Primavera. Eu não sei que tipo de colecção é essa, mas se eu tiver aqui alguma coisa que não me faça falta e lhe sirva para a colecção, pode levar à vontade. No sótão tenho muita coisa que já não uso, é uma questão de procurar. Isto também é um convite, não para a minha casa mas para a casa do vizinho do rés do chão, o senhor Junqueira, que não tem coragem de a convidar mas que eu percebi logo que lhe caiu o olho para ali. O olho e não só, que da maneira como coçava os tomates sei muito bem em que é que ele estava a pensar. Mas venha à vontade, que aqui na minha terra ninguém faz mal a ninguém desde que se portem bem.
E pronto, nestas coisas há sempre que agradecer. Aposto que mandam mais catálogos destes a mais homens e nenhum agradece, mas eu faço-o sempre. Se não fosse eu...


domingo, março 13, 2011

Governo alarga Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral

Dada a inexistência total de dentistas nos hospitais públicos portugueses, o Governo apresentou ontem o programa que visa alargar a toda a população o actual Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral, também conhecido por cheque-dentista. Lembramos que esse programa, que passa pela entrega de cheques que podem ser utilizados em diversas clínicas privadas, abrange apenas grávidas seguidas no Serviço Nacional de Saúde (SNS), beneficiários do complemento solidário para idosos utentes do SNS, e crianças e jovens com idade inferior a 16 anos.
José Sócrates, acompanhado pela Ministra da Saúde, explicou ontem como é que aqueles que até agora não eram abrangidos por este programa o podem passar a ser. "É fácil. Basta juntarem tampinhas de plástico de copos de iogurte, garrafinhas de água, garrafas de óleo ou detergentes e trocá-las directamente pelo cheque num armazém que o Governo disponibilizará brevemente para o efeito", disse o primeiro-ministro.
A Caganita soube ainda que a quinhentos quilos de tampas corresponderá o tratamento duma cárie dentária, trezentos quilos serão suficientes para arrancar um dente e, por exemplo, para a colocação de uma prótese em cerâmica serão necessárias duas toneladas.

sexta-feira, março 11, 2011

vaga de violência contra ratinhos em Nova Iorque

nova-iorquino põe-se em fuga após atropelar ratinho


Uma nova-iorquina pôs-se em fuga depois de atropelar um ratinho cinzento na quinta avenida. A Caganita sabe o FBI desencadeou imediatamente uma gigantesca investigação para apanhar o culpado, através de análises à tinta  que o carro deixou no cadáver do animal e de investigações ao dna de um pêlo público deixado pelo criminoso no local de crime.
A principal suspeita é Monique Smith e, se se provar a sua culpabilidade, é a segunda vez que faz algo do género, já que a mesma arrisca uma pena de dois anos e uma multa de 500 mil dólares (3600 euros segundo o JN, lol) por ter assassinado, de forma violenta, um hamster a sangue frio.
Monique Smith é já considerada uma psicopata pelos especialistas da polícia americana, e está a ser interrogada por um psiquiatra para perceber se a mesma estava consciente na altura em que os factos ocorreram. Um agente do FBI disse mesmo, em tom de desabafo, que a criminalidade nos Estados Unidos da América está a passar dos limites, e revelou mesmo números assustadores. Naquele país morre em média um ratinho por mês, vítima de maus tratos ou outro tipo de abusos.

segunda-feira, março 07, 2011

petição contra os Homens da Luta

A Vida Sexual Duma Caganita de Pássaro, cuja redacção é constituída exclusivamente por gente bem (não usamos piercings e em crianças fomos todos escuteiros), e que vem de uma família tradicional portuguesa (não daquelas que só têm pão com manteiga para comer, mas das outras, as que têm um pai médico que não passa recibos no consultório e uma mãe ruiva artificial), lança aqui uma petição contra os Homens da Luta.

A Petição está escrita em papel azul de 25 linhas, daquele que já não é obrigatório mas fica sempre bem chamá-lo assim, e quando virmos os Homens da Luta prometemos atirá-la contra eles. Estamos neste momento a estudar a melhor maneira de fazer a coisa, porque com o vento é muito difícil acertar onde quer que seja. Em princípio teremos que fazer um avião de papel.