domingo, julho 31, 2011

Liga Portuguesa de Futebol espera um ano muito competitivo

Está para breve mais um arranque do campeonato principal de futebol português e a Caganita dá-lhe todos os detalhes sobre a competição. São dezasseis equipas, cada uma com onze jogadores em campo, mais alguns suplentes que são os que ficam sentados num banco sem fazer nada, a tentar marcar mais golos do que o adversário. Pronto, os detalhes já estão.
Na apresentação oficial da competição, a organização destacou ainda o nível de competitividade muito alto. Este ano prevê-se uma luta muito renhida pelo 11º lugar. Depois de FC Porto (1º), Benfica (2º), SC Braga (3º), Sporting (4º), Guimarães (5º), Marítimo (6º), Nacional (7º), Paços de Ferreira (8º), Rio Ave (9º) e Setúbal (10º), Académica, Beira-Mar, Olhanense e Leiria disputarão o 11º lugar. Sendo que o Gil Vicente e o Feirense tentarão não ficar em último, numa disputa que se prevê muito interessante. Mas as surpresas poderão não ficar por aqui. "Talvez o Paços de Ferreira fique em 9º e o Rio Ave em 8º, por exemplo. Nunca se sabe, o futebol é uma caixinha de surpresas", disse à Caganita o presidente da Liga.
Também nas competições europeias as equipas portuguesas esperam dar cartas. Um jogador do Benfica, de quem após vinte tentativas ainda não conseguimos perceber o nome, disse que já está a estudar seriamente os possíveis adversários. Para começar comprou um livro onde tem escrito o nome de todos os países europeus. "Por exemplo, o Chile não é na Europa. É noutro continente. O mundo tem cinco continentes diferentes", disse esse jogador de quem não conseguimos perceber o nome para concluir que "a Checoslováquia sim, já é na Europa"

Sem comentários: