terça-feira, abril 19, 2011

contas públicas portuguesas com total transparência

Sócrates garantiu hoje que as contas públicas do Estado português nunca foram tão transparentes como durante o seu Governo. "Aliás, são tão transparentes que ninguém as consegue ver", insistiu ainda ao enviado especial da Caganita. O primeiro-ministro demissionário respondeu assim às acusações da oposição de não dizer aos portugueses toda a verdade sobre a situação económica portuguesa.
Ao seu lado, Teixeira dos Santos afirmou que o Partido Socialista tem uma estratégia bem definida para resolver a actual crise financeira. "Vamos começar a concorrer ao Preço Certo e ao Quem Quer Ser Milionário todas as semanas. Primeiro os deputados, depois os secretários de Estado e por fim os ministros". Sócrates interrompeu-o para acrescentar que o Estado também vai começar a jogar Totoloto e no Euromilhões e que, para tal, já contratou vinte e oito assessores que, apenas por mero acaso, são tudo putos da Juventude Socialista que não conseguiam arranjar emprego. "Mas só por mero acaso", disse.

Sem comentários: