sexta-feira, julho 09, 2010

vá para fora cá dentro

Cavaco Silva apela a todos os desempregados e precários que façam férias em Portugal para ajudar a controlar o défice. Assim, e como os desempregados são os que têm mais tempo livre, em vez de gastarem dinheiro noutro país gastam no nosso. A ideia genial, diz o presidente da República, surgiu durante o banho enquanto cantava o "eu gosto é do Verão" dos Fúria do Açúcar. Respondendo a um trabalhador precário que disse que não tinha férias por não ter contrato de trabalho, Cavaco Silva descansou-o: "Não te preocupes que qualquer dia também já estás no olho da rua. A sério, eu percebo muito de Economia...".
Sobre a improvisada campanha presidencialista "vá para fora cá dentro", Cavaco Silva aconselha todos os desempregados a fazer férias principalmente no Algarve, por exemplo em Boliqueime onde a sua família aluga quartos a preços fantásticos (não passam é recibo), ou ainda no complexo turístico de Tróia. Respondendo a um desempregado que disse que não tinha dinheiro para férias por não trabalhar há anos, Cavaco Silva desmentiu-o prontamente: "Isso não pode ser verdade. Eu também não trabalho há anos e estou sempre a fazer férias. Mas a verdade é que eu percebo muito de Economia...".
É bom ter um presidente que percebe muito de Economia...

10 comentários:

Antonio Branco disse...

a culpa é de todos nós... não só porque votamos neles. também porque não criamos "a" alternativa...
este é o mais imbecil e ignorante dos que me lembro...

bagaco amarelo disse...

antónio branco, concordo na análise ao PR. pela minha parte nunca votei nele e luto pela alternativa aos modelos social, económico e político actuais. :)

Mário Cales disse...

a mim só me apetece mandá-lo ter sexo...

bagaco amarelo disse...

mário, não tortures o homem... :)

Luis disse...

Antes um PR que entende muito de economia que um PM que entende muito de vigarice/aldrabice/chulice e afins...

Mas concordo que a culpa é de quem os pôs lá. Quanto ao PR, contribuí para ele lá estar. Não por achar que era "a" solução, mas por entender que, entre as opções, seria o "menos mau". Já quanto ao PM não posso dizer o mesmo. A "bruxa, velha, feia, mal vestida e mal falante" pareceu-me realmente uma bruxa quando se descobriu que, afinal, o que ela andava a dizer sobre o nosso PM era verdade... Mas o meu voto também não foi para ela...

Mas, mais uma vez, concordo com o António. A culpa é de todos nós. Nós votamos neles e nós não fazemos NADA para criar "A" alternativa.

Aferindo pelo post, para se ser político só é preciso ter bolsos grandes, não se faz nada e tem-se sempre dinheiro para umas ferias! Então porque não vamos para lá nós todos? 'Bora lá fazer melhor e parar de reclamar, for a change!

Bagaço: Sigo os teus blogs e gosto bastante. Não sigo exactamente a tua idiologia política, mas não ando muito longe. Este à parte é só para dizer que isto não é uma crítica a ti mas sim uma constatação do comportamento do povo Português em geral!

Cumprimentos,
Luís Ferreira

bagaco amarelo disse...

Luis Ferreira, se votaste no Cavaco não seguimos de certeza a mesma ideologia política. Ele é neoliberal, que é o sistema económico a que mais me oponho. A alternativa, na minha opinião, é precisamente ao neoliberalismo e não apenas ao Cavaco ou a outro qualquer.
Um abraço e obrigado. :)

Luis disse...

Bagaço: Cada vez mais a figura do PR não passa de isso mesmo, de uma figura. Os poderes deste líder são muito reduzidos e, a parte de ser "a cara do País", nada, ou quase nada, pode fazer para alterar o que quer que seja.

Qualquer proposta de lei que lhe chegue às mãos, como sabes, se não for aprovada à primeira ou à segunda, à terceira tem obrigatoriamente que o ser, mesmo que sem alterações.

O poder que ele realmente tem é o de dissolução do Governo. Este poder poderia ser extremamente útil, não estivesse toda a Europa na situação em que está e não sendo Portugal a excepção.
Por muito que não goste do Governo actual tenho noção que a dissolução, neste momento, seria desastrosa para a nossa economia... Ou isso ou eu percebo ainda menos destas coisas do que pensava perceber... :p

Abraços!

bagaco amarelo disse...

luis, tens toda a razão... mas o Cavaco já foi PM e não fez nada para alterar isso, pelo que deduzo que ele ache isso justo. Foi o Cavaco como PM, aliás, que iniciou o processo de descapitalização do Estado, através de privatizações mal feitas.
Por falar portagens, o caso LusoPonte, por exemplo, é dele. O Estado garante uma indemnização à empresa se não passarem la carros suficientes, ou seja, é um negócio sem risco. E por acaso foi assinado pelo seu ministro Ferreira do Amaral que agora está na... Lusoponte. :)

Luis disse...

Pois, tachos...

Bem, eu não estou aqui a defender o Cavaco... Apenas achei, aquando das presidenciais, que entre ele e o senil do Soares que ele faria menos má figura.

Nas presidenciais não incluo o Louçã. Sei que o segues e provavelmente votaste nele, mas, e desculpa se sou duro ou se estou enganado, mas acho que ainda tem demasiado "sangue na guelra" para este cargo. Nesta altura provavelmente já estaria perto da dissolução do Governo... É certo que é o que apetece à maioria dos Portugueses, mas, como já disse antes, também estou certo que não é o melhor a fazer neste momento...
Apesar de ele ser provavelmente (pelo menos em teoria) o melhor economista de Portugal...

Mas melhores tempos virão e a coisa vai endireitar! :)

bagaco amarelo disse...

luis, votei no Louçã, sim... era a melhor garantia de que se cumpriria a constituição... :)