sexta-feira, janeiro 08, 2010

os putos têm que ter uma família normal

Se não fosse eu este país era uma baldaria. Às vezes é preciso dizer umas verdades para pôr isto na linha. Aliás, por mim acabava a democracia durante algum tempo, punha-se tudo na linha e então depois vinha outra vez a democracia. Até ver...
Agora os esquerdelhos deste país querem que os panascas casem e ainda por cima adoptem crianças. É uma imoralidade. Eu cá, se eles quiserem casar que casem à vontade. Até é fixe porque até sobram mais gajas para mim e para o José Malhoa. Adoptarem crianças é que não, pá. Todas as crianças têm direito a ter uma família normal.
Uma família normal tem um pai e uma mãe, como todos devem saber. Não tem dois pais ou duas mães. Gente, por exemplo, como os meus vizinhos Johnny e Esmeralda. Ele é pai e ela é mãe, pronto: são normais. Ainda hoje os vi na rua de mão dada com o filho que têm, que levava um olho todo negro e ia a chorar no elevador. Disseram-me que o puto tinha estado a brincar com uma boneca da irmã e "levou logo nos cornos que é para não ser paneleiro". Assim é que está bem, pensei eu. Aquela criança ao menos tem educação. Claro que se fosse comigo ele ficava mas era um mês sem ir à escola. O Johnny e a Esmeralda, embora sejam pessoas de bem são um bocadinho frouxos... mas pronto, pelo menos são normais e o puto está bem entregue.
Agora estes esquerdelhos às vezes precisam de ouvir umas verdades. Se não fosse eu...

13 comentários:

C'est la vie disse...

por aqui reina o bom humor...

C'est la vie disse...

por aqui reina o bom humor...

Tweety disse...

De uma certa forma concordo contigo, da outra certa forma já não.
Eles teem direito a familias normais, sim teem, mas também teem direito a amor, ao que essas crianças não teem nas instituiçoes.

tenho dito

beijim

The fine pair disse...

Ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah! O Johnny e a Esmeralda são os maiores!

bagaco amarelo disse...

cést lavie, ena... e duas vezes. :)

tweety, pelo menos nas casa pia parece que amor não falta... :)

the fine pair, se não fossem eles... :)

Anónimo disse...

os putos têm que ter pessoas, que os amem e os respeitem, acima de tudo e só isto!
e não são de todo uns tristes putos, que de repente ESTÁ NA MODA, todos terem peninha deles e quererem adoptá-los!!

AS MODAS DEVEM SER USADAS NO VESTUÁRIO , NAS CASAS, E NOS CARROS!!

bjs
vénus

bagaco amarelo disse...

vénus, eu nem no vestuário gosto de modas... mas para mim não é óbvio, nem sequer suspeito, que adoptar crianças seja uma questão de modas. :)

Anónimo disse...

ultimamente parece que está na moda ( a mim parece-me...)

aqui há uns anos atrás não se ouvia partidos, e pessoas falarem na adopção( existiam pessoas q nem sequer sabiam que existiam crianças nessas instituições)... de repente toda a gente quer adoptar... parece-me daquelas coisas plásticas...qd passar o que agora é politicamente correcto, vamos ver se as pessoas ou partidos se vão interessar por essas crianças... só se houver outro escândalo...ou novos grupos a reivindicarem coisas ao governo...
qq dia até os pp abusadores das crianças vão reivindicar o seu direito a continuarem a conviver com as crianças( até pq eles têm os mesmos dtos que os outros, ou isto não é uma democracia! ou é só para uns? )
desculpa a ironia, mas não consigo ver a sinceridade neste espalhafato todo em torno da questão...

Vénus
Vénus
veremos cheri...

Tweety disse...

Lol bagaço, mas acho que todas as crianças dispensam essa amor, porque se esse amor fosse bom para elas, para essas crianças, não tinha sido a polémica que foi, aliás, até defendiam o bibi...

E por falar em bibi, ouvi dizer que ele teve no colégio onde estudei... Dei graças a deus não ter la tado quando ele lá teve...lol

João Santos disse...

Espero que este post foi apenas em nome de um bom Humor, porque se é algo real e pensado é simples... triste...

A nível intelectual mostra alguém do século passado. Não, do anterior até... Enfim.

Boas publicações!

bagaco amarelo disse...

venus, não se tomam opções políticas com base naquilo que nos parece. :)

twwwety, lol... bem verdade. era aí que eu queria chegar. :)

joão santos, claro que foi... às vezes prefiro brincar com as coisas que é para não me enervar. abraço. :)

Anónimo disse...

bagaço,

penso mesmo que cada vez mais se tomam decisões politicas e fazem-se leis, no interesse exclusivo de um/uns grupos restritos, bem restritos!

mas podem descansar q a adopção vai ser permitida aos casais homossesuais, num curtissímo espaço de tempo( 4 meses no máximo ...)e dp vamos ver o q vem a seguir...ou seja a vida destes putos, é alvo de pressão social para grupos marcarem a sua posição(tipo tira teimas e vamos ver quem ganha! ou quem é mais forte! )... acho q se chama a isto " jogos de poder ", não?

sabes que há uns anos atrás as pessoas solteiras/ divorciados/ e viúvas , não podiam adoptar, e pessoas a partir de certa idade, e nunca os vi à porta de assemb. fazerem manifestações.Era justo? não. alguém alterou a lei nesse sentido ou será q os politicos e sociedade sabiam da existência destes putos? parece-me que não...(cm sabemos agora somos mais modernos , logo toca a saber q há putos em instituições, e quem não souber é burro e demodé! )



vénus

bagaco amarelo disse...

venus, isso da pressão social sobre os putos adoptados por casais homossexuais é descabido. aliás, é um passo que a sociedade tem que dar urgentemente. se as pessoas solteiras, divorciados e viúvas não foram para a porta da Assembleia deviam ter ido. :)